27 de outubro de 2010

REPUBLICA



Amanha começam as aulas,confesso que minha ansiedade passa do que chamamos de normal.(Não por causa das aulas se é isso que estão pensando.)Já comi todas as minha unhas,e arrumei de desarrumei meu quarto e minhas malas  umas trocentas vezes.Foras as cinco barras de chocolate que devorei.Eu sei que todo esse excesso de carboidrato vai me fazer mal no futuro e todas essa baboseiras mais.Só que meu namorado vai voltar da Austrália,e estou nervosa pra caramba.O normal seria eu não me mostrar muito ansiosa,digo isso por que a lei das minhas amigas dizem sempre,nunca se mostre muito interessada.Mas como todos as minha amigas são piradas eu não dou muito ouvido não.
O colégio Castelo Sales vai receber uma nova temporada de alunos. É sempre assim, uns vão embora e outros chegam pra tomar o lugar. O engraçado é que a cada ano fica melhor, dizem os mais antigos, que as escola guarda um segredo, uma lenda urbana,com o tempo eu vou desvendando,temos um  ano pela frente,e claro muitos tempo.Tá fixe? Acho que vocês não entenderam né.Prá quem não sabe.”TA FIXE?” Significa “TÁ LEGAL”.É uma gíria usada na Europa, em Lisboa.
Vou deixar bem claro que eu adoro gírias, então sempre vai aparecer umas gírias novas por aqui. Acho que é tudo. As aulas começam amanha, e o relatório eu darei a noite, muitas especulações e fofocas. Sei que não sou a melhor das pessoas por manter um diário virtual contando a vida dos meus amiguinhos de Colégio, mas eu não resisto, o que seria da vida se deixasse passar sem registrar os momentos?Então até que descubra eu continuarei a contar.


Ultimo dia de férias.;* Galera no Gam´Bar

Então vamos lá, pra quem não conhece Gam’ Bar é a casa da galera, onde o pessoal se reuni, antes durante e depois das aulas. Esse durante ai é por que tem gente que adora matar aula. É serio mesmo, também o lanche que o Jarrão serve lá é de primeira. E original, é muito bom mesmo, eu até posso afirmar que sou mil vezes o Gam’burgue de lá,o que do McDonald.Depois vou falar do ambiente e da decoração.(Sorriso de lado)
Mas muitos não vão  lá só pra comer.Gam’ Bar é como um ponto de referencia,fica de frente pro colégio,e sempre rola uma festinha,ou evento bem bacaba.As vezes rola uns barracos,mas faz parte né,até por que nem tudo é festa.
O pessoal também vai lá jogar boliche. Fica super lotado quando tem campeonato com premiação. Fora que no caraoquê sempre tem uns loucos.A decoração é bem divertida,mistura o abstrato com cores,o chão é repleto de figuras,particularmente eu adoro o local,é super moderno e original.Minha mãe que não ia gostar muito,mais,vou morar sem ela por um tempo,acho que ainda não contei que me mudei pra uma republica.Minha mãe teve que ir pro exterior,pois meus avos moram lá a bastante tempo,e meu avo não está bem de saúde,e por minha mãe ser filha única decidiu ir pra lá tomar conta dele,estou mal por isso,é triste,mas não tive muito contato com meus avós,eles moraram lá quase a vida toda,mas minha mãe conheceu meu pai em uma viajem que teve que fazer ao Brasil,então se casarão e resolveram ficar por aqui mesmo.E depois surgiu eu.(Resuminho).

A tia Beatriz mãe da Izzie(Minha amiga de infância,e melhor amiga)resolveu montar uma republica,o que foi um máximo,por que ela conhece minha mae,e foi mas fácil convencê-la de que ficaria bem aqui.Umas amigas de Izzie,Marcinha e Jujuh vieram de outros estado e também precisava de lugar pra fica,foi a que surgiu a idéia da republica.Como tinha mais dois quartos vagos, e assim com eu, Izzie só mora com a mãe.Esse assunto mexe um pouco comigo,não gosto muito de falar da minha relação com meu pai,si é que posso chamar de relação.

  Quando completei nove anos, meus pais estavam em crise,meu pai quase não parava em casa,o hospital era praticamente seu lar,fazia plantão todo dia,e nos fim de semana,sempre inventava alguma coisa,o problema que a relação deles afetou a imagem de herói que eu sempre tive do meu pai,um homem que podia salvar vidas,que salvava vidas todos os dias,ele era meu herói,mas com o tempo tudo se esfriou,eu tentava chamar a atenção,mas ele não me notava.
   Resumindo,meus pai acabaram se divorciando,ele foi embora alguns meses antes do divorcio sair,eu sofri muito,mas ele não ligou uma semana depois,nem um meses depois,nem um ano depois,a única coisa que eu sabia é que ele todo mês depositava o dinheiro do colégio e das minhas aulas de musica.Minha mãe se dedicou a cuidar de mim,o salário que ela ganhava com advogada dava para nos manter.
Mas passado é passado, e eu confesso que mesmo que ele tenha ido embora, um dia acredito que ele vá voltar,até por que pra mim a única coisa que não tem jeito é a morte.Mas chega de tristezas,por que estou super animada pra morar numa republica.Tudo bem que prometi ligar pra minha mãe umas cinco vezes no dia,e que iria dormi cedo e blá blá blá.
Mas voltando a Republica, ela fica uns três quarteirões antes do colégio, e agora eu estou aqui no meu quarto, ele é lindo,mas vou dar uns toques pessoais,e também daqui a pouco as meninas estão chegando,eu só conheço elas por MSN,mas me parecem bem legais,tudo bem a marcinha é um pouco psicótica com essa coisa de natureza e ANIMAIS em EXTINÇAO mas é muito divertida,e a Jujuh é a garota da internet,surper antenada,ela é amarradona em programas de computador,twitter e todo o resto.Já até é famosa,tem mais de mil seguidores.É tem gente que nasceu pra brilhar.
A Izzie é a minha melhor amiga,minha irma,esteve comigo em todos os momentos,é super romântica e delicada,se preocupa muito com o corpo,e nunca está magra demais,sempre dá pra ficar melhor.(Palavras dela).Atualmente fez um fake,é serio,sua fake se chama Liz Bitencort,é doideira,mas fazer o que ela curte.E tem mas agora ela namora também,quer dizer a fake dela namora com um cara que se chama Fred alguma coisa,esqueci o nome,mas eles estam namorando mesmo,so que ela num tem nem noção de quem é ele realmente,eu morro de medo,vai que é um tarado PEVERTIDO.
- Bia ?
-Oi Izzie pode entrar só estou arrumando minha roupas. E as meninas já chegaram?
-Por isso vim te chamar acabaram de chegar, ah e tem telefone pra você, acho que você deve atender logo.
-Por que é alguma coisa seria?
-Não amiga calma, eu só diria que tem um cara apaixonado lá,louco pra falar com você.
-Jura que é o Pedro?
-urum,ele mesmo,pode atender aqui na extensão de cima,prometo que não vou ficar ouvindo na outra linha tá.
-Por que será que eu não acredito heim?
(Gargalhadas)
- aiw amiga até parece que não acredita em mim. Ah e arruma seu cabelo, ta parecendo um toborgam de rato. (Risinhos histéricos).
-Arrumar o cabelo pra atender ao telefone?
-Claro.
-Nunca ouviu o aquele ditado,”o que o olho não vê o coração não sente.Sacanagem.
-Deixa eu te ajudar. Seu cabelo é perfeito, essas liso natural deixa ele incrível então favor vamos valoriza-lo,deixando ele solto.
-Izzie você saber que eu detesto cabelo solto.
-Assim esta bem melhor. -Disse izzie toda entusiasmada arrumando meu cabelo.Eu pareço muito com a família da minha mãe,tenho cabelos escuros, mais olhos claros.Confesso que não sou muito vaidosa.
-Podemos descer agora senhorita cabeleireira?
-Agora sim.
-O coitado do Pedro deve está gastando uma fortuna de telefone.
-Coitado nada,acha que é barato conseguir uma garota que nem você,eu vou descendo e atende o telefone no escritório a esquerda.
-Ta bom,eu já desço.
(Izzie descendo e eu seguindo até meu amor).

-Alô?
-Oi Bia,td bem?
-Tudo ótimo amor,que saudades de você.
-Então,eu...(silencio)
-O que foi Pedro, está acontecendo alguma coisa?
-O pior é que está.Não queria falar isso por telefone mais,não terá outro jeito.(Voz sem emoção,quase frio,distante).
-Então fala.(Mau pressentimento)
-Comprei minhas passagens, e meu voou é daqui a meia hora,mas eu não vou embarcar.
-Como assim?Cancelaram o voou?
-Claro que não amiga,ele esta de dando um fora,esse imbecil,será que não percebeu.Ai que ódio.
-Izzie por favor para de ouvir a conversa.
-É isso mesmo,não cancelaram o voou,é que eu conheci uma pessoa aqui,e estou gostando muito dela.Decidi ficar mais um tempo pra ver até onde vai,eu sinto muito.
(Tum,,Tum,Tum)

É eu desliguei a droga do telefone, não acredito que ele teve coragem de fazer isso comigo, eu devo ser a garota mais imbecil do mundo, achar que meu namorado vai passar um ano na Austrália e não vai ficar com ninguém. Otária mesmo.
(Chegando no meu quarto).(Me jogando na cama e chorando muito).

-Amiga, não fica assim.-Izzie tentava me acalmar juntando meus cabelos e os prendendo.
-é sim bia,esquece,se ele fez isso com você é por que não te merece.-disse marcinha colocando a bochila no chão,e caminhando até a cama.
-Que ódio,não queria conhecer vocês,nessa situação.
-Não esquenta não amoor,os homens são todos uns idiotas,por isso que eu so uso eles como copos descartáveis.-Jujuh afirma calmamente.
(Gargalhadas)

-Olá meninas,pelo visto vocês estão se dando super bem,isso é um ótimo sinal.-Tia beatriz interrompe,abrindo a porta.-Só que eu tenho uma noticia pra vocês,como tem dois quarto vagos,eu resolvi deixar vocês nesses e alugar o outro pros meninos,tem três lá na sala desesperados por um lugar p ficar e são todos conhecidos,eu espero que não tenha nenhum problema.-Conclui.
 As meninas se olharam, e concordaram, pra mim tudo bem, eu tão cedo não ia querer ficar com ninguém mesmo. Não sei como vou superar essa perda, ai estou com vontade de morrer, como ele teve coragem, poxa estávamos tão bem, ele ate me mandou um anel de compromisso por sedex. Tinha até me dado a coleção de Cd,e olha que a coleção dele sempre foi sagrada.Mas eu vou ter que superar de qualquer maneira.O jeito é respirar fundo,e ergue a cabeça.
-E ai, vamos conhecer os nossos vizinho de quarto?-Izzie esta com aquela cara que me dava medo.
-Izzie sua mãe, faz legumes e saladas para as refeições?-marcinha parecia nervosa,ela era vegetariana convicta.
-Mais ou menos.Por que?
-Por que não como os coitados dos animais, e muito menos os frangos tadinhos  que ficam lá no matadouro comendo fermento e depois são degolados.
-urum,tudo bem,você só vai comer salada vou avisar a minha mãe.
-Fala serio marcinha,vai dizer que voce não com bem um espetinho de frango?-Jujuh resolveu zuar.
-Claro que não.
-Não sabe o que tá perdendo, agora lavem as mãos por que minha mãe preparou um lanche.

Eu continuava estirada na cama feito uma idiota,que levou um galho na cabeça.Oh meoll dells como eu sofro.
 -Bia,voce não vai descer não?
-Acho que não Marcinha,quero ficar aqui mesmo,não estou bem.
-Mas nem morta você vai ficar presa nessa cama, se matando de tanto chorar por um idiota que te colocou uma arvore na cabeça. -É,esqueci de falar que a izzie não tem limites,ela fala tudo que vem na cabeça.
-poxa,obrigada pela parte que me toca.
-Vamos,vamos pode levantando,hoje é nosso ultimo dia de férias,nos vamos comer o lanchinho da minha mãe se não ela dá um treco e depois vão lá no Gam´Bar jogar boliche.
-Tudo bem,já que você não vai sair daqui mesmo.Vamos logo.

Então é isso, nos quatro ficaríamos no mesmo quarto, até que ia ser divertido, é o temperamento das meninas é um pouco diferente,mas acredito que vai dar tudo certo.Resolvemos descer e conhecer os meninos,que já deviam está devorando o lanche da tia Beatriz.
A casa era bem arejada, apesar de não ter muita cor.Ao descermos nos deparamos com três caras sentados na mesa comendo feito loucos.Ate que foi bem engraçado.Nos quatro paramos e não conseguimos nos controlar,eu achei que faria xixi nas calças de tanto rir.A marcinha roncava mais que porco no cio,izzie se abaixou nos degraus e chorava de rir.

Continua....s2


2 comentários:

Sarah disse...

continua amor *-*
ta lindo, continue sempre assim, com esse dom lindo de escrever, Deus te abençoe! ;*

Nathii ; disse...

ta muuuuuuito bom Vick. continua por favoor *-*